:: Parte 4 ::

Yaakov saiu sem se despedir de Labão e este quando soube (3 dias depois de sua saída) , foi atrás dele. Mas no caminho foi advertido pelo próprio D’us a não agir erroneamente
Labão requereu justiça contra a atitude de Yaakov colocando-o contra a parede com argumentos. Yaakov teve que lutar argumentando que era um homem livre a nada devia a Labão. Yaakov precisava convencer primeiramente a si mesmo. E D’us O honrou.

E no caminho D’us abriu-lhe os olhos e ele viu um exército de anjos. No seu coração Yaakov amava Esaú e buscava a reconciliação. E separou-lhe muitos presentes. Porém ele ainda temia a reação de Esaú. Por isso Yaakov criou uma estratégia para proteger a sua família, caso Esaú viesse contra ele.
O medo dos homens era o último ponto que D’us tinha que tratar de vez no Pai de Seu Povo. Assim sendo o separou de tudo e de todos para por-lhe à última prova.
Vvem um “ish” (Homem em hebraico) lutar com ele na outra margem do rio, onde ele se encontrava.
Existe as seguintes interpretações judaicas e cristãs:
Era um anjo do Exército do Senhor, apesar da palavra hebraica para anjo é Malach.
Era um ser sobrenatural que manifestava o bem e o mal,
Era um anjo caído, um demônio
Era o Próprio Mashiach
Era o próprio YHWH.

O texto original em hebraico diz: “Homem”. Com certeza um ser que veio da parte de D’us e O conhecia. Tinha poder para abençoar e amaldiçoar. E tinha um prazo determinado para lutar com Yaakov, pois chegando a dia, teria que partir.
Esse homem feriu a coxa de Yaakov por ver que não prevaleceria contra ele porque desde antes o nascimento Yaakov era treinado para lutar e jamais desistir. Daí seu nome.
Por algum motivo, Yaakov sabia que aquele homem tinha o poder de lhe abençoar e mudar sua sorte e lhe disse..não te soltarei até que me abenções.
O Reino dos céus é alcançado senão com luta e violência.
E o homem lhe pergunta: Qual é o seu nome?
E ele lhe diz: Yaakov ( aquele que luta e vence)
E o homem lhe diz:
Não te chamarás mais Yaakov, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste.
Agora ele não se chamava mais Yaakov, mas Israel: Não só aquele que luta, mas aquele que luta com D’us e com homens e prevalece. Como príncipe lutou. D’us lhe propôs esta prova para que Yaakov manifestasse todo seu potencial no Senhor.

No hebraico, a palavra El não se aplica somente ao D’us de Israel, mas todo aquele que é grande e tem autoridade. Um rei, um governador, um principado, uma potestade ,em hebraico pode ser chamado de El.

Existe a interpretação de que o nome Israel é: Aquele que luta com El, (contra todas as grandes forças e autoridades e vence).

Também há a interpretação de que D’us muitas vezes nos propõe provas e lutas com Ele para que vençamos e alcancemos a benção.

Seja como for, Israel, lutou junto com o D’us todo poderoso. E os dois tinham aliança, intimidade e Israel adorava o D’us altíssimo e o amava acima de todas as coisas e O obedecia.

Israel era um guerreiro espiritual. Suas vitórias em batalha e na vida não o tornaram arrogante e orgulhoso, mas cada vez mais humilde e pacificador, clamando em seu coração a reconciliação com seu amado irmão. E D’us abençoou o encontro dos dois com grande shalom!

Depois Israel seguiu seu caminho, e no primeiro lugar que acampou fez um altar ao Eterno, em adoração.

Yaakov era um adorador, que adorava a D´us em espírito e em verdade!

<< Parte 3                                                                                                         Parte 5 >>
parayeshua@yoddesign.com
Se você quer nos escrever e não possui outlook, ou programas de email, use o recurso abaixo



© Copyright 2006 -Todos os Direitos reservados

Follow mauropac on Twitter