:: Para quem é este Mandamento? ::

Este mandamento é para todo aquele que entende que a LEI do Eterno é perfeita e deseja de todo coração obedecê-LO, sabendo que isto o tornará uma pessoa feliz.
Ninguém pode ser proibido de guardar o Shabbat, por que este mandamento foi dado ao homem pelo Senhor. Portanto, todo homem, animais, cidades, nações e a própria terra é o alvo.

“Dize aos filhos de Yisrael : Certamente guardareis os Meus shabbatot. Isto é um sinal entre Mim e vós nas vossas gerações, para que saibais que eu sou YHWH que vos santifica.” (Shemot 31:12-13)

“Os filhos de Yisrael guardarão o shabbat, celebrando-o nas suas gerações por aliança perpétua. Será ele um sinal para sempre, pois em seis dias fez YHWH o céu e a terra, e ao sétimo dia descansou e tomou alento.” Shemot 31.16-17.

Isaías recebe do alto a inspiração e direção para dizer: “Bem-aventurado o homem que fizer isto, e o filho do homem que lançar mão disto: que se abstém de profanar o shabbat, e guarda a sua mão de cometer o mal.” (56.2)

Logo em seguida: quando um homem que não é descendente de Israel, mas entendeu que só YHWH é D´us e se une à Ele, há a seguinte direção: “ E não fale o estrangeiro, que se houver unido ao Senhor, dizendo: Certamente o Senhor me separará do seu povo; nem tampouco diga o eunuco: Eis que eu sou uma árvore seca.
E aos estrangeiros, que se unirem ao Senhor, para o servirem, e para amarem o nome do Senhor, sendo deste modo servos seus, todos os que guardarem o shabbat, não o profanando, e os que abraçarem o meu pacto,
sim, a esses os levarei ao meu santo monte, e os alegrarei na minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar; porque a minha casa será chamada casa de oração para todos os povos. (v. 3,6 e 7).
Vemos claramente que aquele que se une ao Eterno, não é apartado de Israel, antes faz parte dele, e também se submete às ordenanças e mandamentos dados para Israel. E nisso será muito abençoado.

Para Ha Shem este é um mandamento irrevogável, um memorial eterno, sinal permanente de Sua aliança com Seus filhos, Seu povo. Estatuto perpétuo segundo Há Torah. Gálatas 3:29 diz que “se sois do Mashiach, então sois descendência de Avraham e herdeiros conforme a promessa “.

Efésios 2:13-16 diz “Porque o Mashiach Yeshua é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um, derrubando a parede de separação que estava no meio. Pela Sua carne, cumprindo a Torah através de mitzvot contidas em ordenanças, desfez a inimizade para criar em Si mesmo dos dois, um novo homem, assim fazendo a paz. Pelo madeiro reconciliou ambos com Elohim em um só corpo“. Hoje, todo aquele que está em Yeshua tem o privilégio de guardar os Seus mandamentos por amor a ELE. Faz parte de Sua graça, de Sua misericórdia ! Não é jugo, não há peso. O Shabbat é uma dádiva do Criador para sua criatura ! (Marcos 2:27). Como recusá-lo ?

Assim como YHWH foi o grande cumpridor do shabbat, ao vir em carne, como Yeshua Há Mashiach, cumpriu este mandamento com alegria, no meio de Sua criação, Sua coroa, jubilando-se com eles, trazendo-lhes o Reino, arrancando-os das trevas, mostrando o real sentido deste dia, tirando os jugos colocados pelos homens, indo à sinagoga estudar a Torah, abençoando, curando, alimentando, salvando, ensinando-os a jubilar NELE como no princípio. Quem guardou o Shabbat como YHWH? Quem guardou o Shabbat como Yeshua?
Que lindos exemplos heim? Os discípulos obedeciam este mandamento. (Lucas 23:54-56). “Sede meus imitadores como eu sou do Mashiach“ disse o apóstolo Shaul (Paulo) com muita humildade!

<< O Shabbat do Eterno O Shabbat e a Família >>